Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Experimentalista

Um blog onde exponho publicamente as pipas de massa que já gastei, dividindo-as em "bem empregues" e "desgostos"

18
Mai16

Coisas que nunca vou entender #4

Sarah

Não sou uma morning person. Eu tento, eu ponho 4 despertadores, eu deito-me sempre com premissa de "é amanhã que me levanto cedo e sinto os primeiros raios de sol banhando-me o rosto e dando-me vitamina D para o resto do dia!". Só que não. Primeiro porque nunca consigo ir dormir a horas decentes, vulgo, antes da meia noite pois se o fizer já sei que vou acordar ás 5h da manhã e isso, por sua vez, implica ter muito sono ás 11h. Depois porque todo o santo dia, entre as 21h30 e as 23h00 sofro um qualquer rush de energia como os putos quando comem muitos doces e ando por casa a limpar e a arrumar coisas. E por fim porque a minha cama vem com soporíferos integrados na madeira, o que a torna o sítio mais confortável do mundo. Podia mesmo jurar que nem na barrinha da minha mãe eu dormia melhor. 

Por tudo isto as minhas manhãs são sempre pautadas por momentos destes:

 

1-Eu agora tenho um canário, que fica na cozinha. Todas as manhãs, faça chuva ou faça sol, as 7h00 está a cantar. E até é agradável acordar com o canto de uma pequena ave canora que canta nas horas. O bom humor passa-me quando entro na cozinha e vejo sementes pequeninas de uma ponta a outra e sua excelência olha para mim com aquele ar "quié!? eu é que tou numa gaiola e tu é que te queixas!?"

 

2-De manhã não me dou bem com gente que fala muito, vulgo, mãe e namorado. Garanto-vos que metade das coisas que eles me dizem me passam ao lado, limitando-me eu apenas a acenar com a cabeça, mesmo que sejam temas que peçam uma opinião mais fundamentada.

 

3-Se o meu dia não começa com uma caneca de café com leite parece quer nada está certo e o mundo é um lugar mau e frio.

 

4-A minha mãe faz mikados de loiça lavada. Por norma, com a minha caneca no fundo de tudo, tipo o pau-estrutura de todo um complexo em frágil equilíbrio. A parte boa é que os meus reflexos estão muito melhores e quase pareço um homem aranha no que a apanhar loiça em voo concerne.

 

5-Quando era pequena o meu pai acordava-me abrindo a luz, a janela ou destapando-me. Ainda hoje se alguém o faz eu vou imediatamente para um sítio "mau" que tenho dentro de mim e as probabilidades de começar a desancar pancada e a soltar impropérios muito pouco senhoris é de mais de 90%. O Querido sabe do que falo....

 

6-De manhã só quero entrar no carro e ouvir música. Não tem que ser música, pode ser só barulho, coisas a baterem umas nas outras e a reproduzirem sons. Rádios portuguesas oiçam o meu apelo: podem calar os vossos entretainers matinais por apenas 15 minutos para eu não ser obrigada a ouvir piadas sem piada e histórias parvas? Vos agradeço do fundo do coração.

 

 

Sarah

2 comentários

Comentódromo