Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Experimentalista

Um blog onde exponho publicamente as pipas de massa que já gastei, dividindo-as em "bem empregues" e "desgostos"

31
Jan17

Experimentalista cozinhou: folhado de Roquefort com doce de frutos vermelhos

Sarah

Mais uma jantarada em casa, mais uma entrada para servir aos convivas. Se gostam de queijo (quem não gostar pode-se ir embora que não é boa gente), de frutos vermelhos e de tudo isto misturado com massa folhada crocante, então vinde à minha beira que vos vou servir mais um petisco:

 

Ingredientes:

-1 queijo roquefort (comprei do continente e é bem bom)

-4 colheres bem cheias de doce de frutos vermelhos do bom (casa da Prisca, uma delicia)

-Um rolo de massa folhada rectangular/quadrada (usei a do Lidl)

-1 ovo batido

 

Pré-aqueçam o forno a 180º e comecem a prepara a entrada. Desenrolem a massa e deixem-na ficar em cima do papel, que irá ao forno também. Se for rectangular, cortem duas tiras de cada lado até ficar um quadrado. Tirem a casca superior do queijo para que o interior fique à mostra. Coloquem as 4 colheres de sopa (bem aviadas) de doce de frutos vermelhos. Eu escolhi este pois é um doce ácido que vai contrastar bem com o queijo. Façam um embrulho com o queijo, dobrando as pontas de fora para cima do queijo. enrolem uma das tiras de massa em forma de flor e  coloquem por cima do embrulho, onde as pontas se unem. Pincelem com um ovo batido e levem ao forno até estar dourado.

Depois....lambuzem-se como se não houvesse amanhã. O queijo derrete mas não se desmancha e os frutos vermelhos vão-se fundir com a massa folhada. Fica ali na categoria de porn food. 

Se quiserem, esta receita também pode ser feita com brie, tem é que ser um queijo de pouca cura e com textura amanteigada. 

Mais uma vez....foto da net. Mas aqui a culpa já não foi minha. Pus na mesa e, quando voltei, metade já tinha ido à sua vida. Mas o aspecto interior é este.

Comei e engordai. 

Sarah

4 comentários

Comentódromo