Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Experimentalista

Um guia, uma ideia, uma sugestão, ou apenas um sítio onde vir dar um passeio

Experimentalista

Um guia, uma ideia, uma sugestão, ou apenas um sítio onde vir dar um passeio

Qui | 22.09.16

A saga das unhas: um mês sem gel

Sarah

Precisei de um mês, quase mais meio, para conseguir pintar as minhas unhas! Todos os dias, durante este período, usei uma mistura de endurecedores da andreia, o Complex+ e o reparador com abacate. Fugi de removedores de verniz com acetona e usei vaselina a rodos para as cutículas (melhor coisa de sempre!). Muita paciência, limadelas, lascas e pontas partidas até ao sabugo, finalmente volto a ter umas mãos apresentáveis e uma unhas capazes de manter o verniz.

Claro que não posso usar qualquer um pois ainda não estão umas unhas perfeitas (que nunca foram também...) então, seguindo o comentário da Mula ao meu último post sobre este tema, fui à Kiko e comprei o Perfect Gel Duo, o 704 (vermelhão! Fáfá de Belém!) e não podia estar mais satisfeita. Vem numa embalagem com dois vernizes, a cor e o top coat, por 7,90€ o conjunto. Vale muito a pena.

 Quanto a mim, voltar a pintar as minhas unhas foi toda uma aventura. Primeiro, há dois anos que não me dedicava a isto e optava pelo "facilitismo" do gel. Depois, voltar a ganhar coordenação suficiente para pintar a mão direita (eu sou destra) e o resultado não ser uma pintura rupestre feita por uma pessoa com espasmos. Terceiro, voltar a comprar toda a parafernália para arranjar as unhas. Mas estes vernizes facilitam muito o processo com o tipo de pincel que, numa passagem quase, cobre toda a unha. E secam muito rápido evitando assim as falhas e rugas e tudo tudo o que se agarra a umas unhas acabadas de pintar.

Por fim, deixo-vos uma foto original do estado destas mãozinhas:

20160922_153856.jpg

Bonhito hein!?

Sarah

4 comentários

Comentar post