Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Experimentalista

Um guia, uma ideia, uma sugestão, ou apenas um sítio onde vir dar um passeio

Experimentalista

Um guia, uma ideia, uma sugestão, ou apenas um sítio onde vir dar um passeio

Seg | 24.12.18

Isto dos Balanços

Sarah

Estamos a meia dúzia de dias do fim de 2018 e este ano, nem sei bem o que escrever! 

Se em alguns pontos (casamento, lua-de-mel, mais um afilhado a chegar) foi um ano maravilhoso, de encher as medidas, por outro, haja estômago para alguma das "surpresas" que me trouxe. 

Terminei 2017 com uma dose surreal de esperança! De coração cheio, foi um ano tão bom, tão bonito, era impossível esperar menos de 2018 mas, como já devíamos estar habituados, isto da vida e da sorte e das curvas e contra curvas nunca é como nós queremos e, se alguns percalços nos deixam mais espertos, outros são comparáveis a um estaladão com as costas da mão, daqueles, em que ficamos a olhar de lado durante uma semana. Assim foi 2018, sempre de punho em riste.

Tive o meu pai doente, muito doente, com um prognóstico que tinha tudo para tornar 2018 um ano miserável, mas agora, tenho-o quase cheio de saúde, a preparar a ceia de Natal. Tive-o presente no meu casamento, entrou comigo de braço dado. 

E o casamento...ai o casamento! Eu sabia que preparar um casamento "all by myself" era coisa para dar trabalho mas, fazendo eu dos eventos vida, não havia de ser nada por aí além. Ai Sara, sua anjolas! Sempre que resolvia um obstáculo, caíam mais três, sempre que decidíamos uma coisa, complicavam quatro! O melhor conselho que vos posso dar : se se vão casar, preparem-se e falem muito um com o outro! Sim, UM COM O OUTRO, façam alguns ouvidos moucos a outras pessoas e opiniões, decidam um budget, decidam o que querem e esperam do vosso dia. Apesar de tudo, foi um dia maravilhoso e foi este o feedback que tivemos, de que foi um dia lindo, contudo, não precisava ter custado tanto...

Depois, mais um afilhado! Um menino, o nosso rapazinho, quase a chegar, mas quase ao ponto de todos os dias na ultima semana eu mandar uma mensagem à mãe dele a perguntar "are we there yet!?". Contudo, uma jovem família que espera a chegada de um bebé vive tempos apertados, com o desemprego como realidade, uma filha-da-maeziçe de sorte já viram?

Por fim (vá lá 2018, sem mais surpresas!), as quezílias familiares, o diz que disse, as mudanças de planos, o cansaço....eu sei que não há famílias perfeitas mas caramba, 31 anos disto já cansa...resta-me que a minha família aqui de casa, que em Outubro ganhou mais um membro, se mantenha unida e feliz. 

Apresento-vos o meu mais que tudo, o destruidor de cortinados e árvores de Natal, o triturador de biscoitos e permanentemente, um gato fominhas, o meu Seu Nacibi, Gato Bonito:

20181220_100926.jpg

Não é a coisa mais gira!? Fui buscá-lo a uma associação em Oeiras, mas este Post ficará para outro dia :)

Já para 2019, olha, que traga saúde! o resto logo se resolve! Feliz Natal a Todos e um Ano Novo cheio de coisas boas.

 

Sara