Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Experimentalista

Um guia, uma ideia, uma sugestão, ou apenas um sítio onde vir dar um passeio

Experimentalista

Um guia, uma ideia, uma sugestão, ou apenas um sítio onde vir dar um passeio

Seg | 20.03.17

Só se estraga uma casa #14

Sarah

No outro dia mandei para o lixo umas calças pretas.

Mal as tirei da máquina, vi que tinham as pernas todas riscadas de branco, assim uma coisa vanguardista. Algumas senhoras podiam usá-las mas não eu, até porque se já começavam a acusar o uso que lhe tinha dado. 

Tinha sido o Querido a fazer quela máquina de roupa: num acto de cega confiança nas capacidades do homem em fazer algo tão vital como por a máquina a lavar, deixei-o dar este passo, rumo à idade adulta. Diz ele, que colocou todos os líquidos nos recipientes certos, tudo pela ordem como eu lhe tinha ensinado e lendo UM A UM os 10289272662 frascos de "coisas de limpezas" que temos na despensa. 

Máquina lavada, estendo eu! Quando tiro as calças da máquina, vejo-as naquele estado e fui ter com ele.

S-Oh, já viste as minhas calças?

Mal olho para o homem, o ar dele era este:

 

Q-Pois....o que foi isso?

S- Não sei, tu é que puseste a máquina a lavar. Mas parece-me lixívia. Tu puseste lixívia numa máquina de roupa PRETA?

Claro que pôs, eu só estava a perguntar proque queria ouvir da boca dele não é...

Q- NÃO! nadinha, nem uma gota, nem mexi nesse frasco!

S-Humm....então não sei....que chatice. Lixo com elas fazer o quê...

 

Cinco, CINCO, dias depois, eis que sua Excelência Querido - O Cagão, assume que colocou lixívia na máquina de roupa escura mas, fê-lo sempre usando o argumento " na embalagem dizia que dava para cores!!!". 

Quero interpretar que ele não me mentiu deliberadamente mas que o fez, como fazem as crianças quando a mãe as apanha: a mãe sabe que foi a sua criança, só pode ter sido a sua criança, contudo, ela nega, por medo e icapacidade de dar um argumento melhor do que aquele. E também sei que ele fez isto por auto-preservação: eu estava no auge da TPM, eu estava capaz de gritar a um recém-nascido por isso imaginem o que lhe faria a ele. O homem é mentiroso mas não é parvo.

Resultado? Agora temos que ir ás compras :) 

É caso para dizer que se ao menino e ao borracho, Deus pôe a mão por baixo, ao Querido, safa-lhe a esperteza de me levar ás compras.

 

Sarah

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.