Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Experimentalista

Um guia, uma ideia, uma sugestão, ou apenas um sítio onde vir dar um passeio

Experimentalista

Um guia, uma ideia, uma sugestão, ou apenas um sítio onde vir dar um passeio

20.01.17

Resumo saldos 2016

Sarah
Quem leu o primeiro post deste blog, sabe certamente que eu me assumo não como forreta mas como comedida. Não gosto de ser enganada nas lojas, de me ver a pagar coisas que custaram a fabricar 1/10 do preço com que estão À venda, por isso, cada vez menos compro fora dos saldos. Este ano, também quis comprar menos mas bom. Estou cansada de roupa que me dura meia dúzia de lavagens e fica a parecer roupa de sem abrigo (apesar de estar na moda andar toda rota e a meter nojo), por isso (...)
04.01.17

Só se estraga uma casa #10

Sarah
Numa ida ao Lidl, perco o homem para os gadjets próprios do Lidl, enquanto eu, efectivamente, vou ás compras. Até que, em absoluto estado de graça e admiração, paro, também eu, na secção dos gadjets do Lidl. Porquê? Porque na mesma prateleira, juntinhas, quase de mãos dadas, roçando o joelhinho uma na outra, vejo duas coisas que sei, com todas as minhas forças, me fariam feliz: Uma Batedeira tipo Rolls Royce e uma Máquina de Costura da Singer   Aproximo-me.....a mesmo, (...)
23.03.16

Na Net - A Meca do consumismo: compras online

Sarah
Quem nunca perdeu umas horinhas a ver sites das marcas favoritas, sonhando em ter um botão mágico no ecrã que diga: comprar sem gastar dinheiro? Eu já, muitas vezes, haja tempo morto e lá estou nas H&M, ZARA, Blanco, ZILIAN perdida a ver conjuntos e a dizer baixinho "ai isto ficava-me tão bem!!", mas a verdade é que o constante limiar de pobreza em que existo não me permite estes desvarios pelo acabo sempre a carregar na cruzinha vermelha, tudo em prol do meu cartão de crédito.  Contudo, como ver ainda não paga imposto, nos meus passeios lá vou descobrindo bons negócios, vulgo, saldos! É que se há coisa que me deixa doente é andar a ver montras, comprar roupa, chorar o dinheiro e dali a 15 dias encontro tudo a preço (...)
15.03.16

No princípio era a curiosidade.....

Sarah
Sempre tive um fraquinho por produtos novos, sejam eles roupas, maquilhagem, cremes, comida.....gosto de saber para que servem, o que prometem e o que posso esperar deles mas com o passar dos anos (ah a maturidade...) a curiosidade viu-se acalmada pelo binómio falta de dinheiro + verdadeira utilidade daquilo e comecei a questionar cada produto, cada compra. A melhor parte é que aquilo que antes fazia porque tinha que ser é agora um hábito e um gosto e cada vez menos perco a cabeça com (...)