Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Experimentalista

Um guia, uma ideia, uma sugestão, ou apenas um sítio onde vir dar um passeio

Experimentalista

Um guia, uma ideia, uma sugestão, ou apenas um sítio onde vir dar um passeio

08.08.16

Férias Maravilhosas #2

Sarah
Pois é queridos humanos, voltei a este habitáculo cibernético a que chamamos internet! Não que não o quisesse fazer antes mas as minhas espectaculares férias não o permitiram:   -Continuei nas limpezas até 3ª feira, sempre com a ideia de que as paredes nunca ficam suficientemente brancas! -Contudo, na 3ª feira ao fim do dia, o meu rico corpinho resolveu das-me o merecido descanso: com um desarranjo estomaco-intestinal! Não sei se foi excesso de trabalho.....ou excesso de choco (...)
20.07.16

O único animal que me transforma numa dondoca frágil e que grita

Sarah
São as baratas. Só de escrever esta palavra já me coço e o reflexo de olhar à minha volta surge, como quem procura uma lente de contacto no chão do Alive. Não entendo porque reajo desta forma a estas "coisas". Sou menina para andar ao estalo e à vassourada a tudo o que é rato, ratazana, cobra ou lagartixa. Todos me dão nojo mas a reacção às "coisas" ultrapassa muito o nojo: é aflitivo. Falta-me o ar. Parece que a vejo do meu tamanho, as antenas a mexer, as imensas patas a (...)
18.05.16

Coisas que nunca vou entender #4

Sarah
Não sou uma morning person. Eu tento, eu ponho 4 despertadores, eu deito-me sempre com premissa de "é amanhã que me levanto cedo e sinto os primeiros raios de sol banhando-me o rosto e dando-me vitamina D para o resto do dia!". Só que não. Primeiro porque nunca consigo ir dormir a horas decentes, vulgo, antes da meia noite pois se o fizer já sei que vou acordar ás 5h da manhã e isso, por sua vez, implica ter muito sono ás 11h. Depois porque todo o santo dia, entre as 21h30 e as (...)
09.05.16

Isto da chuva....

Sarah
Eu posso dizer que gosto tanto de chuva como pontapés nas costas, contudo, neste momento, se alguém me garantisse que ao levar uma biqueirada no lombo não chovia mais até Novembro, era já aqui que eu me punha a jeito e de sorriso largo! A sério, eu quase me sinto culpada de todas as vezes em que me queixei do calor, do tempo mesmo muito quente. Vós, almas da blogoesfera, tendes noção de que eu já fiz praia este ano?! ESTE ANO! eu já andei de chinelo, de saia sem meias, saí de (...)
09.05.16

Saga Habitacional, ou como não ter um ataque de nervos

Sarah
Eu e o Querido andamos à procura de uma casa para amar e ser felizes. Tratamos esta nossa busca com o carinhoso conceito de "encontrar um cafofo". O que não estávamos à espera era de que a maioria dos arrendatários em Portugal estivessem completamente desfasados da realidade e sejam portadores de zero noções do que é o rácio qualidade-preço. Até agora as constatações foram as seguintes:   1- Têm uma mesa, dois bancos e um colchão em cima de um estrado a dizem que o (...)
06.05.16

Só se estraga uma casa

Sarah
Sarah e Querido vão para a boa vida, jantar fora e dançar. Sarah e Querido ficam xonés com um copo de vinho por isso rapidamente começa a sair asneirada do casal "Mata&Esfola"   S- Cão e macacão terminam da mesma maneira Q- Sim.....(já esperando asneira....ou então foi do tinto) S- Então se o plural de cão é cães, porquê que o plural de macacão não é macacães!? ......compasso de espera....... Q- E porquê que o plural de cão não é cões!?   Depois disto rimo-nos (...)
06.05.16

Coisas que nunca vou entender # 3 - Shopping Edition

Sarah
Ontem fui ver lojas. Sentia em mim um profundo desejo de consumismo, gastar dinheiro, mesmo em lojas que não a Primark, ou seja, eu ontem estava para dar! E o que acontece quando nos sentimos assim? Nada. Não há uma #$%&/ de uma loja com coisas de jeito ou então sou eu que tou tão forreta que qualquer peça de roupa acima dos 10€ já é cara:   1- Porquê que as marcas acham que calças em que os tornozelos me ficam apertados nos pulsos, vão conseguir conter estas pernas e (...)
05.05.16

Coisas que nunca vou entender #2

Sarah
Se Abril vai ficar para a história como um mês fantástico, Maio, até agora, só me faz pensar no conceito de "cócó". E agora chove. E na segunda-feira vim de pezinhos ao léu e hoje tou de botas.   1-Porquê que as pessoas urgem em entrar no metro quando aqueles que estão lá dentro ainda não saíram todos?   2-Tenho um canário vermelho-fogo, lindo de morrer. O cabrão é capaz de estar a cantar a Bohemian Raphsody mas quando me vê cala-se. Porquê?   3-Recebo um email. Leio e (...)
05.05.16

Bunda Bunda Bunda! Todo o mundo tem!

Sarah
Ontem fui a uma aula com a Deusa do Bundismo - A Blaya dos Buraka Som Sistema. Ontem vi-me a ter que abanar coisas e sítios que nem sabiam estarem equipados com articulações ou poder de "abanamento". Ontem ouvi os meus joelhos estalar 3 vezes e o pé, que há dois anos sofreu uma ruptura de ligamentos, esteve a aula toda a dizer "mas tu tas parva #$%%&!" Há toda uma nova geração de miúdas cheias de swag, sensualidade e txanam que eu com 28 ainda não alcancei Ontem senti-me pretty hot, numa turma cheia de mulheres suadas e barrigudas. Eu ao menos só estava suada.
04.05.16

Coisas que nunca vou entender #1

Sarah
1 - Como antes das 10h da manhã já há gente que cheira a sovaco velho, daquele que só deveria existir depois das 20h de um dia com 40º passado na Amareleja; 2- Como no verão, por mais fresca que eu me sinta, consigo sempre suar do bigode; 3- Como há gente que vê grávidas e idosos em pé no metro e não cede o lugar; 4- Como há homens que no trânsito se sentem no direito de nos insultar (mulheres) e pôr dedos de fora e outras pérolas mas se fazemos o sinal universal para (...)